Vibrações Astrológicas

3 a 9 de Outubro

A semana inicia com a Lua em Capricórnio, puxando a nossa atenção para aquilo que ambicionamos, para o que queremos concretizar. Isto quer dizer que estamos, em geral, mais eficientes e menos emotivos. Estamos mais preocupados com assuntos práticos e o nosso lado materialista vem ao de cima.

Está na hora de colocar planos em ação, até porque Mercúrio já está em movimento direto e, depois das últimas semanas mais introspetivas e reflexivas, podemos começar a agir, adequando as nossas atitudes aos nossos objetivos.

No dia 3 acontece o quarto crescente, que nos lembra a necessidade de levar em consideração os nossos objetivos e compromissos dentro das relações. É um dia em que devemos fazer negociações para descobrir como podemos avançar em conjunto. O Sol quer que criemos paz e harmonia à nossa volta, mas para isso temos de fazer um esforço extra para equilibrar as relações com a vida profissional.

No dia 4, a Lua entra em Aquário, trazendo clareza à nossa visão para os próximos tempos.

No dia 5, o trígono entre as luminárias (o Sol e a Lua) ajuda-nos a estabelecer e a fortalecer ligações produtivas com pessoas que tenham objetivos iguais ou semelhantes aos nossos. É um dia em que podemos chegar a acordos positivos para todas as partes envolvidas e também em que podemos perceber melhor o caminho que estamos a seguir em conjunto.

No dia 6, da parte da tarde, a Lua entra no místico e sonhador signo de Peixes, enquanto se aproxima da sua fase cheia. Enquanto os nossos sonhos se tornam muito vívidos, também os nossos sofrimentos têm mais tendência para se fazerem sentir, principalmente com o Sol a fazer oposição a Quíron (exata no dia 7). Devemos ter cuidado para não nos perdermos nas nossas dores. Se estamos mais conscientes daquilo que nos dói, seja no corpo ou na alma, devemos aproveitar para descobrir qual é a cura. É na cura que nos devemos concentrar. O que tomamos como alvo da nossa atenção é o que acaba sempre por crescer.

No dia 8, a Lua ingressa no signo de Carneiro, trazendo a atenção de volta ao ego, ao corpo e à direção por onde queremos avançar. Traz ímpeto para agir e para bater o pé.

No dia 9 acontece a Lua Cheia em Carneiro, com uma forte influência de Quíron. Esta Lua pode ser um pouco dolorosa, já que aquilo que as nossas feridas e aquilo que sentimos como falhas serão iluminadas. A solução passa por procurar uma maneira diferente de pensar e também de nos exprimirmos. Quando nos sentimos magoados, podemos reagir de forma desadequada e acabar por atacar os outros. É bom refletir se nos andamos a comportar como um animal ferido, acabando por magoar quem temos à volta com palavras agressivas e pouca tolerância. Podemos andar a projetar nos outros as falhas que temos dentro de nós.

E é em nós que nos devemos focar nesta Lua. Para que as relações corram bem (sejam elas pessoais, familiares ou profissionais…) e deem frutos, cada indivíduo precisa de contribuir com o seu melhor. Se agora percebemos que não temos estado a dar o nosso melhor, estamos em boa hora de parar com acusações, queixas e lamúrias (ou seja, birras) e começar a contribuir para as nossas relações (e para a vida em geral) como gente crescida.

Gente crescida que sabe reconhecer erros e que tem coragem para aprender e fazer melhor.

Gente crescida que trabalha ativamente no seu desenvolvimento em vez de culpar este e aquele por não ter chegado ainda onde acha que deveria ter chegado por esta altura.

Esta lunação também nos vem lembrar da necessidade de escolher um caminho, para sairmos da névoa das mil possibilidades. A vida tem aqueles momentos em que nos precisamos decidir por um caminho, mesmo que outros nos pareçam mais fáceis ou melhores em alguns aspetos. É complicado deixar hipóteses para trás, mas é pior ficar parado para sempre.

Qual é o caminho que escolhem?

Feliz semana e feliz Lua Cheia!