Lua Cheia em Gémeos

19 de Dezembro de 2021

Esta Lua Cheia vem sublinhar o fim do ano de uma forma especial, com a saída da cabeça do Dragão de Gémeos (até daqui a 18 anos) e com a saída definitiva de Júpiter de Aquário (até daqui a 12 anos).

Uma Lua cheia em gémeos traz novidades, notícias, mas mais do que isso, traz a nossa atenção para as conversas que temos e para a maneira como as fazemos. Será que temos estado disponíveis para escutar? Será que temos estado abertos a entender o outro? Vénus e Plutão estão a colocar desafios nas relações e pedem uma reformulação intensa nas formas como nos interligamos. E, quando surgem problemas nas relações, algumas vezes são discórdias de ideias ou ideais, mas acredito que na maior parte das vezes são falhas graves na comunicação. E esse deve ser um foco de grande atenção agora: inclui desabafar de forma honesta e equilibrada, escutar, tentar entender, aprender a confiar… Começando, como é claro, dentro de nós. É altura de aprendermos a ser mais amigos de nós próprios, para sabermos como ser melhores amigos dos outros.

É também altura de fazermos contas à vida. E isto vai acontecer tanto no sentido figurativo como literal. Como é óbvio(!) , nesta altura do ano, os negócios, as compras e vendas atingem um pico. E com Vénus em conjunção com Plutão, é importante que estejamos mesmo conscientes dos destinos que damos ao dinheiro e da forma como o gerimos. Até da forma como o ganhamos. Quando a rotina se instala e começamos com o “tenho de fazer isto e aquilo” e o “mal posso esperar por sexta”, que tipo de energia estamos a colocar no trabalho que fazemos? Estaremos a elevar o valor do mundo? Porque a cada dia temos a oportunidade de elevar o valor do mundo, do nosso trabalho, das nossas vidas. Só precisamos de nos focar em fazer e ser o nosso melhor, a cada dia.

Júpiter a sair de Aquário enfatiza bastante o futuro. E o futuro, pelo menos o bom, não é uma coisa que aconteça enquanto estamos encostados à espera. O futuro é semeado a cada momento. Mesmo nos momentos que temos a sós, sentados sem “nada” para fazer. Até o monólogo dentro da nossa cabeça (ou quem sabe a discussão em várias “vozes”) é uma semente do nosso futuro. Porque dependendo daquilo que vamos repetindo, assim será o que vamos fazendo. E nem todas as possibilidades imagináveis poderão acontecer-nos, porque temos áreas determinadas (antes de encarnarmos) para desenvolver, mas dentro daquilo que são os nossos potenciais individuais, as possibilidades são normalmente muito superiores àquilo que acreditamos.

Tentemos acreditar em possibilidades mais do que positivas, maravilhosas. E tentemos fazer de cada dia, um dia mais especial. Porque um dia, quando o futuro de hoje for o passado, não vamos gostar de ter desperdiçado tanto tempo com medo, com reclamações, com invejas, com desentendimentos…

Feliz Lua Cheia!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: