Somos todos um bocadinho Peixes

Lua Nova em Peixes – 2 de Março de 2022

Photo by Pixabay on Pexels.com

Sol, Lua e Júpiter em Peixes

A energia de Peixes chama-nos para deixarmos dissolver as nossas preocupações e os nossos problemas. É tempo de nos libertarmos de barreiras e fronteiras, de procurarmos a paz, dentro de nós e à nossa volta. Podemos querer fugir de tudo, mas não devemos fugir de nós. Devemos dar maior atenção àquilo a que dedicamos a nossa vida (Netflix e redes sociais?).

Talvez seja boa ideia criarmos um espaço para estarmos connosco próprios, com os nossos pensamentos, emoções, desejos, sonhos… Pode ser desconfortável, no início, tomarmos atenção ao potencial desvario que vai nas nossas mentes. Mas esse é o primeiro passo para voltarmos a tomar as rédeas da nossa vida. É tempo de cultivarmos mais Amor, compreensão e perdão, começando por nós… É altura de libertarmos o peso de supostos erros passados (que foram apenas experiências de aprendizagem), de sermos mais benevolentes connosco, de sermos mais generosos com o tempo que dedicamos a cuidar verdadeiramente de nós e da nossa vida.

Esta é uma altura para nos lembrarmos que «somos todos um», que não somos assim tão diferentes e que aquilo que afeta os outros nos afeta a nós (e vice versa). Quando tivermos vontade de fugir da dureza da realidade, que a «fuga» seja de encontro à nossa Alma. Que usemos a nossa força de vontade para nos voltarmos a alinhar com o amor incondicional, a paz de espírito, a generosidade, a compaixão, o perdão… Não são coisas para ficarmos à espera que algo ou alguém nos traga. São vibrações energéticas que podemos e devemos gerar, fazer acontecer e multiplicar, em nós e à nossa volta. Se não conseguirmos sozinhos, haverá alguém que nos poderá ajudar (como um terapeuta profissional).

Temos a oportunidade de nos conhecermos melhor, para lá do que fazemos e dos papéis que representamos. Temos a oportunidade de nos contatarmos enquanto almas que viajam juntas. Devemos procurar perceber ou lembrarmo-nos das razões e dos significados mais profundos da nossa vida. Devemos refletir acerca do que nós e a nossa vida tem de especial e que talvez tenhamos esquecido.

De que formas tocamos ou podemos tocar a vida dos outros?

De que forma os outros fazem a diferença em nós e na nossa vida?

O que podemos começar a fazer agora para dar um significado mais profundo aos nossos dias?

O que podemos fazer ou deixar de fazer para nos sentirmos mais em contato com quem somos de verdade?

Que partes do nosso passado precisam de cura?

Mercúrio em conjunção com Saturno em Aquário

Em simultâneo com esta Lua Nova, acontece a conjunção entre Mercúrio e Saturno, que não nos deixa fugir completamente para o mundo das ilusões e nos leva a pensar de forma séria e honesta no futuro.

Poderão surgir alguns obstáculos e o caminho passa por procurar soluções originais, mas não só, será também necessário um esforço de equipa em muitas situações.

Numa altura em que precisamos pensar e planear seriamente o futuro, devemos ser honestos quanto àquilo que queremos continuar a levar connosco. Sabemos que todas as ações que tomamos têm consequências, assim como todas as ações que não tomamos têm consequências. Avaliando agora, honestamente, as consequências daquilo que temos feito e daquilo que deixámos de fazer, deparamo-nos com uma excelente oportunidade para nos comprometermos com decisões mais apropriadas que nos ajudem a construir o futuro que pretendemos. Estas decisões devem focar-se tanto nas nossas rotinas e na forma como aplicamos o nosso precioso tempo, como nas alianças que formamos: as pessoas com quem decidimos passar o nosso tempo têm uma influência enorme em nós e no nosso futuro, por isso é importante estarmos conscientes do tipo de ligações que estamos a criar e a manter.

Vénus, Marte e Plutão juntos em Capricórnio

Esta energia vem corroborar a necessidade de reformularmos as nossas relações de uma forma profunda. Precisamos de descobrir mais um profundo nível de verdade acerca da forma como nos ligamos uns aos outros e das consequências dessas ligações.

Será que em alguma das nossas relações há uma distribuição desigual de poder? Será que há questões que alguém tenha mantido em segredo?

Esta energia vai permitir-nos fazer grandes transformações, desde que estejamos abertos para olhar corajosamente para a nossa sombra, aquela parte de nós que nos envergonha e que fazemos o possível para ninguém ver, ou melhor, que tentamos negar e ignorar… Como é óbvio, tentar negar e ignorar uma coisa que existe não nos leva a lado nenhum. Contudo, assumir o nosso lado sombrio é o primeiro passo para conseguirmos transmutá-lo. Também é importante sabermos que o trabalho com o nosso lado sombrio não é algo que se faça e fique feito, mas sim que se vai fazendo ao longo da vida. E talvez se vá tornando mais fácil com o ganho de experiência.

Então, agora temos de ser honestos acerca dos nossos valores e prioridades, porque é provável que alguma coisa na nossa vida tenha resvalado. Talvez tenham sido as finanças, talvez tenha sido uma relação, talvez tenha sido a nossa auto-estima… Também é provável que nos encontremos desequilibrados no nosso poder, desejando controlar outros ou deixando-nos controlar por vícios ou obsessões…

Temos agora a oportunidade de parar para tomar decisões que sejam importantes para a nossa estabilidade no futuro.

Devemos realinhar-nos com os nossos valores, restruturar as nossas prioridades.

Devemos aprofundar as relações que são importantes para nós, curar aquelas que precisam de atenção, deixar ir aquelas que já cumpriram o seu propósito…

Devemos desenvolver uma consciência maior acerca da relação entre dinheiro e valor, tanto quando investimos em algo, como quando recebemos pelas nossas contribuições (trabalho). Nem sempre o dinheiro e o valor são diretamente proporcionais.

Está na altura de negociarmos, de tentarmos transformar as nossas condições para nos sentirmos mais ao leme das nossas vidas. Claro que isso implica abrirmos mão de algo que não tem um valor real ou que não é uma prioridade para já…

Sol em conjunção com Júpiter

Depois dos aspetos possivelmente mais complicados que acabámos de ver, temos um muito bom.

A conjunção entre o Sol e Júpiter (exata no dia 5) permite-nos ver as coisas com maior abertura e mais otimismo e, portanto, estaremos mais predispostos a fazer alguma coisa para agarrar oportunidades, assim como para encontrar soluções para determinados problemas.

Esta é uma energia adequada para iniciar uma nova fase de desenvolvimento espiritual.

Estaremos mais inclinados para aprender, assim como para ensinar o que sabemos.

Esta energia chama-nos também para cultivarmos o nosso lado artístico e criativo, de forma a trazermos mais alegria aos nossos dias.

Devemos ocupar-nos de algo ou iniciar um projeto que queiramos ver crescer ao máximo.

É altura de nos recarregarmos de esperança para seguirmos em frente, alinhados com o nosso propósito, com os nossos sonhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: