22 a 30 de Setembro

Hoje, dia 22, temos Mercúrio em quadratura exata com Plutão. A energia simbolizada por este aspeto vai prolongar-se pelas próximas semanas, em que teremos de trabalhar o nosso poder mental, descobrir mais algumas coisas sobre nós próprios e sobre outros, aprender a controlar obsessões e a ultrapassar medos… O artigo referente a esta energia está disponível em https://centroalma.blog/2021/08/31/segredos-e-misterios-revelados/

Ainda hoje, temos o equinócio de Outono, com o Sol a entrar no signo de Balança, a energia a mudar no sentido de trabalharmos mais e melhor a nossa forma de nos relacionarmos. É altura de encontrarmos os outros, de escutarmos mais, de conhecer melhor o outro lado das situações, as diferentes opiniões, avaliar prós e contras. É altura de ganharmos maior consciência daquilo que pode andar desequilibrado nas nossas vidas e de nos esforçarmos para reduzir excessos e nutrir onde há faltas.

No dia 23, Vénus faz a oposição a Úrano, simbolizando agitação e alterações também a nível das relações, assim como a nível financeiro e de imagem. É uma chamada brusca de atenção para aquilo que não está harmonioso nas nossas vidas. Se não investirmos a nossa energia (tempo e dinheiro incluídos) naquilo que tem mais valor para nós, ficamos sem uma base sólida que nos dê segurança em face dos imprevistos. As pessoas poderão surpreender-nos bastante por estes dias e até temos a oportunidade de estreitar laços, mas para isso é preciso coragem para assumir vulnerabilidades e renegociar as nossas contribuições nas relações, que podem andar um pouco «desniveladas»: podemos andar a receber mais do que damos, ou vice-versa… Mas também pode acontecer que nós ou a outra pessoa queiramos receber amor ou atenção de outra forma. Acontece muito ficarmos ressentidos porque o outro não satisfez a nossa carência (a diversos níveis) ou aquilo de que precisávamos. Esta é uma boa altura para nos lembrarmos de que cada um tem uma forma diferente de ver o mundo e de viver a vida. E por isso, a comunicação deve ser sempre a base de qualquer tipo de relação. Não vale a pena amuarmos porque a outra parte não «adivinhou» que precisávamos de atenção, de tempo, de melhor divisão de tarefas ou até de um favor, por exemplo. Para que uma equipa (nem que seja uma equipa de dois) funcione bem, de forma coesa, é preciso haver comunicação, percebermos os objetivos individuais, os objetivos da «equipa» e percebermos o que podemos fazer para melhorar e facilitar a vida uns dos outros, em vez de andarmos aos encontrões, largando as culpas na outra parte.

No dia 25, Marte faz um trígono a Saturno, numa energia muito positiva que simboliza uma maior capacidade de seguirmos em frente de forma estável. Teremos maior resiliência e persistência, o que nos ajudará a resolver quaisquer situações que possam ter surgido nos dias anteriores.

No dia 27, Mercúrio inicia mais um período retrógrado, prolongando bastante a sua passagem pelo signo de Balança (https://centroalma.blog/2021/08/31/mercurio-em-balanca/ ). O grande segredo está em aprender a escutar, sem ter medo de voltar atrás e rever as nossas ideias e opiniões. As coisas não são simplesmente o que «são». As coisas, os acontecimentos, as situações, as pessoas, estão, para nós, carregadas do significado que lhes damos, que tem um pouco de «realidade» e um muito de «pré-conceitos», com base na nossa experiência passada (desta e de outras vidas). Por isso, não vale de muito bater o pé pelo que «é», porque pode não ser. A dúvida, a abertura, a curiosidade e o questionamento são sempre melhores caminhos do que as certezas inabaláveis. A cor de um objeto não lhe é inerente, mesmo que isso faça confusão a muita gente. A cor de um objeto depende da luz que lhe incide e da interpretação dos sinais luminosos recebidos pelo nosso cérebro. Por isso, devemos ter cuidado com ideias fixas e certezas incontestáveis. Aquilo que pensamos de algo ou de alguém pode não estar totalmente (ou minimamente) correto…

No final do mês temos um belo trígono entre o Sol (muito perto da conjunção com Marte) e Saturno, refletindo oportunidades que temos para que os nossos esforços nos levem adiante. Estaremos mais capazes ainda de fazer o que tem de ser feito e de retirar satisfação nisso. Excelente altura para ganhar estabilidade e progredir de forma planeada. Além disso, Vénus fará aspeto com Neptuno e com Júpiter, elevando a nossa capacidade de amar, a nossa sensibilidade e a nossa criatividade. Poderá haver uma maior sensação de que as coisas estão a «fluir», mas é importante mantermo-nos ativos e com uma boa noção daquilo que realmente é possível para já, para que os resultados sejam ainda melhores.